Monday, August 17, 2009

A inflação e o Complexo de Golgi

Na sétima série eu tinha que saber todas as minúcias e funções do Complexo de Golgi, mas queria mesmo era entender como é que funcionava a inflação. O Bresser Pereira e outros especialistas-ministros iam na TV falar que estavam fazendo todo o possível pra debelar aquele fantasma eterno da economia brasileira, mas o assunto era envolto numa névoa que beirava o esotérico. Enquanto isso, os doutrinadores estatistas tentavam livrar a cara do governo dizendo que os preços subiam por causa da ganância dos empresários. Eu só sabia que comprava um picolé de manhã a um preço que de tarde já era outro. Era uma loucura. A desigualdade de renda de que tanto falam é resultado, em boa parte, dessa política inflacionista. Por que? Ora, porque enquanto as pessoas com uma renda maior podiam aplicar esse dinheiro, os mais pobres ficavam com um dinheiro na mão que perdia valor diariamente. Isso durou décadas. Não foi culpa do capitalismo, foi culpa de uma política deliberada de governo. Sim, porque ainda hoje resiste - e naquela época isso era ainda mais forte - a crença de que a inflação auxilia no crescimento econômico, de que há um trade off entre inflação e crescimento. Bullshit. O povo mais à esquerda do PT ainda questiona as metas de inflação e os juros que seguram a onda da moeda desde o Plano Real. Minha cabeça estava na inflação enquanto a fessora me cobrava questões sobre a membrana de um organismo que funciona praticamente à minha revelia. Quer dizer, pensando bem, a inflação e o Complexo de Golgi nem são tão diferentes assim.

2 comments:

Anonymous said...

O diabo é que as pragas foram escritas pelos veículos de comunicação do faráo, então fica muito difícil saber toda a verdade.

sol-moras-segabinaze said...

hehe