Monday, August 17, 2009

Abigail 7

Invocaram meu santo nomezinho em vão - sem trocadilho, seus tarados - de modo que posso nadar de braçada neste post. Não é minha prima, seus incultos. É apenas uma bruaca que esteve com Kerouac naqueles porres hóméricos que ele tomava todo dia, antes de pegar a estrada. Bem, durante também. E depois. Restaure-se, pois, a verdade e a monarquia. kisses

20 comments:

Anonymous said...

Hóméricos, Abigail? Uma senhora tão zelosa da língua pátria...Otto

Anonymous said...

Restaure-se a monarquia! Abigail é a marquesa de Santos!!!

Anonymous said...

Kerouac bebia mais do que aquele jogador de futebol que não vou citar o nome pra não levar um processo. Jogador conhecido. Deixa pra lá. Escreveu aquele livrinho meiaboca, inaugurando a literatura beatnik. Tudo que inaugura alguma coisa é endeusado. O Andy, aquele ilustrador de quinta, fez aquelas caras e sopas e virou deus. Mas inventou a pop art. Marketing. Todo mundo vai na onda feito prancha velha. Otoniel

Anonymous said...

Pode ser, mas Pedro era homem, não anonymous! Abigail

Anonymous said...

Chama-se erro de digitação, Otto.
Abigail.

Anonymous said...

Não entendi o trocadilho, Abigail.

Anonymous said...

Caras e sopas é muito bom! Fred.

Anonymous said...

Anonymous tem mais é que tomar no kiu. Anonymous.

Anonymous said...

Trocadilho não se explica, dear. Ab

sol-moras-segabinaze said...

Caras e sopas, a sua revista de celebridades e gastronomia.

Nesta edição: Sócrates faz picadinho de Abigail.

Anonymous said...

Ah, um anonymous chamado Anonymous!

Anonymous said...

Com aquele short, só picadinho mesmo. Abigail.

sol-moras-segabinaze said...

Na mesma linha de um ilustríssimo chamado Ilmo.

Anonymous said...

A quem interessar possa: estou comendo bolo de laranja com café!
Abigail

Anonymous said...

Tia Ilma era Ilustríssima!

Anonymous said...

Tea time. Isto sim é um post família! Otto.

Anonymous said...

Sócrates sempre me pareceu bom sujeito. Lula também. O Zé nunca me enganou, nenhum dos dois. Mas só de perto a gente vê os poros.

Anonymous said...

Lembro que a democracia corintiana era incensada na época, como coisa moderníssima e tal. Democracia ser considerada coisa moderna só em país como o nosso! Depois da democracia, o Brasil levou uns 15 anos pra ser campeão de novo. Otto

Anonymous said...

Anonymous, "só de perto a gente vê os poros me parece tradução." Má tradução. Fred.

Anonymous said...

Tia Ab sabe fazer bolo de laranja!
Dá um pouquinho pra gente, tia.