Thursday, July 30, 2009

A mulher de Putifar

Depois de ter sido vendido aos ismaelitas pelos irmãos, José foi comprado por Putifar, um ministro do faraó egípcio. Como a Bíblia deixa claro diversas vezes, Deus estava com José, que se tornou "um homem bem sucedido". Quer dizer, "bem sucedido" na medida em que um escravo pode ser bem sucedido. "O patrão notou que o Senhor estava com ele e fazia prosperar tudo o que empreendia". Como não teria graça se tudo permanecesse numa boa, a mulher de Putifar, ao notar que José "tinha um belo porte e era bonito de rosto", começou a dar em cima do filho de Jacó. "Dorme comigo", ela disse, usando o consagrado eufemismo bíblico pro sexo. José resistia bravamente até o dia em que a mulher se irritou e simulou aos berros que ele havia tentado violentá-la. "Esse escravo hebreu que nos trouxeste abordou-me querendo abusar de mim", ela disse ao marido, que mandou prender José. Mas como o Senhor estava mesmo com ele, o carcereiro-chefe logo ficou seu amigo. "Este confiou a seus cuidados todos os que se achavam presos. Era ele que organizava tudo quanto lá se fazia." Com o c. virado pra Lua, José iria fazer história.

3 comments:

rodrigo.feijao said...

epa, sinto cheio de plágio: sonho de liberdade, com tim robbins!!!!

sol-moras-segabinaze said...

Grande filme.

Anonymous said...

Aprendi mucho