Friday, June 26, 2009

O pragmatismo petista 3

Assim como o PT trabalha pra ampliação e manutenção do seu poder aqui dentro, sua diplomacia tenta aumentar a influência do país lá fora. Diga-me então com quem andas. Os petistas, no caso, andam com Castro, Chávez, Morales, Corrêa, Kirchner, Ortega e Ahmadinejad. Além desses, cogitou abrir uma embaixada na Coréia do Norte. Ou seja, a política externa do PT está alinhada com o crème de la crème da humanidade. Claro que, para as esquerdas, nada é mais diabólico que os EUA, aquele país malvado onde as pessoas se arriscam no oceano e nas fronteiras pra entrar. A comitiva brasileira do PT faz uma excursão pelo Oriente Médio e visita todas as ditaduras locais menos Israel, a única democracia naquela área. Não, as esquerdas gostam mesmo é do Hezbollah e do Hamas. Querem a destruição da civilização-ocidental-capetalista direto de seus personal computers, pô. O que os 80% que aprovam o Lula pensam a respeito? Uma pesquisa anos atrás mostrou que o Brasil era um dos países mais anti-americanos do mundo, superando inclusive alguns países islâmicos. Anti-americano e anticapitalista. Brasileiro gosta mesmo é de bastante estado, por isso vive uma lua-de-mel interminável com o PT e as esquerdas em geral. Mas preparem-se: caso tal política externa seja bem sucedida, a América Latina poderá finalmente se juntar na UNASUL, com sua bandeira vermelha de inspiração soviética e chinesa (http://www.travel-images.com/unasur.gif) e sua plataforma "anti-imperialista". Então finalmente evoluiremos desse neoliberalismo desalmado que nos castiga e nos transformaremos numa Cuba continental, sonho de qualquer pessoa sensata e bondosa que tenha consciência social. A luta continua, companheiros.

5 comments:

Antonio said...

Sou de esquerda. Votei no Lula.

Detesto Hezbollah e Hamas.

Detesto Ahmadinejad.

Detesto Hugo Chavez.

Adoro os EUA -- inclusive morei lá, e pretendo voltar a morar em breve.

Deve haver alguma de muito errado comigo, não é?

Talvez eu seja um esquizofrênico.

Talvez um lunático.

Talvez eu viva a base de Rophinol e LSD.

Talvez eu seja um mentiroso e esteja falando isso só pra te sacanear.

Ou talvez seu estereótipo de esquerda sirva para alguns, não todos.

sol-moras-segabinaze said...

Verdade, Antônio.

Agora, eu falei alguma mentira? O PT não é aliado dessa gente?

Não é verdade o antiamericanismo da esquerda? O apoio, velado ou explícito, aos terroristas? A admiração mútua entre Lula e Chávez? Entre Lula e Fidel? O apoio de Lula à eleição no Irã?

Come on...

Antonio said...

Parte disto que vc falou é verdade sim, Sol.

O apoio a Ahmadinejad, por exemplo, é um escândalo. A declaração de Lula sobre "flamengo x vasco" ao se referir ao recente golpe de estado no Irã foi uma das coisas mais infelizes e escrotas que ouvi recentemente. Há outros exemplos, sem dúvida.

Mas acho que vc coloca as coisas em termos maniqueístas demais.

O expediente oposto seria igualmente tosco: partir da pior faceta da direita e derivar dela uma generalização. Aí nós poderíamos lembrar daquela despreparada da Sarah Palin, do anti-cientificismo e autoritarismo que vigora nos quadros extremos do partido Republicano, das aliancas feitas com a Arábia Saudita e com a China (tuto buona gente), da defesa da tortura pelos falcões bushianos, das inúmeras ditaduras que foram implementadas e patrocinas pelos EUA -- enfim, poderíamos reunir todos este atributos muy qualificados sob o rótulo de "direita" e sair por aí a distribuir sapatadas.

Mas Fla x Flu só é bom no Maraca.

sol-moras-segabinaze said...

Eu não endosso todas as políticas americanas, eles lá do Partido Republicano certamente me considerariam "radical e maniqueísta" como você. São bem fãs do estado também. Menos que os Democratas, isso eu devo conceder.

É bom pra liberdade individual, eu apóio. É ruim pra liberdade individual, eu critico.

E o PT é PÉSSIMO pra liberdade individual.

É assim que funciona aqui.

Anonymous said...

essa foto é sinistra