Wednesday, June 17, 2009

O mito do aquecimento global antropogênico

As pessoas estão enfeitiçadas pelo discurso politicamente correto, convencidas de que o planeta vai acabar caso não se concentre muito poder na ONU. Vão se tocar da besteira que fizeram quando estiverem escravizadas pelo coletivismo ambiental. A gente tenta alertar, mas esses esforços são desqualificados como coisa de gente "egoísta" e "gananciosa". Não entendem os fundamentos da liberdade ou os desprezam. É uma tática recorrente do poder, propagandear um catastrofismo iminente pra que as pessoas clamem que "alguém faça alguma coisa urgentemente!" Quem vai fazer "alguma coisa"? Aquela gente altruísta de terno e gravata, claro. Assim se aumentou o estado, assim se aumentou o controle sobre as pessoas. Elas parecem ainda não se importar, mas as liberdades não são confiscadas de uma vez, é um processo gradual de doutrinação da opinião pública, anestesiando-a contra a servidão que se avizinha. Uma servidão consentida, pela mãe Terra, pelo falso consenso que se formou a respeito do "aquecimento global". No Rio faz frio há algumas semanas e a Vieira Souto ainda não foi invadida pelas águas, mas os computadores da ONU estão calculando o fim da humanidade, quem somos nós para questionar? Subestima-se a capacidade do homem em se adaptar, em criar novas tecnologias e superestima-se a capacidade dos burocratas ambientais e suas previsões. Malthus foi um must séculos atrás. Superestima-se a influência do homem no "aquecimento global" e subestima-se as variações de temperatura que acometem o planeta desde sempre. A Groelândia (Greenland) já foi verde, hoje está coberta de gelo. Os ambientalistas melancia não gostam da civilização construída nos últimos 2 séculos, todos conhecem a sua ladainha anticapitalista. Essa é só a mais nova investida contra a liberdade e a propriedade privada.

11 comments:

judy said...

vai, você não é tão cínico assim...

http://www.youtube.com/homeproject

nada de ladainha ambientalista, mas é incrível o descaso coletivo em preservar nossa própria espécie. salvar o planeta... quanta arrogância! não conseguimos é salvar nós mesmos. tem coisa mais avant-garde do que self-destruction?

c'est ça!

sol-moras-segabinaze said...

Paulinha? hehe

Não conheço esse ainda, vou dar uma olhada e depois comento.

sol-moras-segabinaze said...

Enquanto isso, recomendo o vídeo do George Carlin:

http://www.youtube.com/watch?v=X_Di4Hh7rK0

sol-moras-segabinaze said...

As imagens são lindas, mas daí a inferir que o aquecimento antropogênico é a causa dos problemas e que a solução é concentrar poder na ONU vai uma distância grande.

Mas vou tentar assisti-lo inteiro.

paulsen said...

não tem tanto a ver com aquecimento global (pra qual eu também não tenho paciência), é mais com a destruição como um todo mesmo.

o que eu acho interessante é esse total descaso que temos com a nossa própria espécie a troco de amenidades imediatistas. como se a nossa consciência estivesse se voltando contra nós mesmos, pelo menos do ponto de vista evolutivo/biológico coletivo. o conforto a qualquer preço virou um câncer que eventualmente vai nos dizimar.

sol-moras-segabinaze said...

Paulsen, vou tentar aprofundar isso que você falou em algum post.

Mas te adianto que a busca pelo conforto é inerente à humanidade.

judy said...

em tempo: os dois comentários foram meus, com dois logins do Google diferentes, só agora reparei :)

sol-moras-segabinaze said...

Ei darling, bom te ver aqui, mesmo não concordando comigo. hehe

Vou tentar escrever algo sobre a busca pelo conforto amanhã.

Antonio said...

Sol,

O aquecimento global não é um mito.

Afirmar o contrário, como vc faz, é simplesmente falso.

E, mais ainda, sustentar esta afirmação com base em pérolas do tipo "faz frio no RJ há algumas semanas" é de um primarismo que beira a irracionalidade.

(Perdoe, mas não há outro modo de tratar a questão: obscurantismo é obscurantismo. Ponto.)

O que vc poderia dizer é que existem interpretações, teorias e hipóteses conflitantes sobre o quê causa o aquecimento global, quais as possíveis consequências e qual a extensão da influência do comportamento humano nisso.

Aí, tudo bem.

abs,

sol-moras-segabinaze said...

O que eu discuto, Antônio, é que o aquecimento global atual seja causado pela atividade humana.

Sim, existem diversas teorias divergentes, com gente respeitável do outro lado. Destaco esse documentário, The Great Global Warming Swindle:

http://www.youtube.com/watch?v=LMA6sszChwQ

E os livros e artigos de um ex-membro do Greenpeace, Bjorn Lomborg:

http://www.lomborg.com/

Ab

Antonio said...

Ah bom, aí eu respeito sua opinião.

De fato, não há consenso sobre o quê causa o aquecimento. Mas sabe-se que o planeta está ficando mais quente -- isto é um dado empírico, não uma hipótese.

Daí minha acusação de obscurantismo, pois vc tinha dito, no título do post, que "o aquecimento global era um mito".

abs