Tuesday, October 13, 2009

Propostas libertárias pra 2016

Aproveitando o gancho da Revista de Domingo do O Globo, que pediu pra alguns cariocas darem suas sugestões pra melhorar e preparar a cidade pras Olimpíadas, vou elencar aqui as minhas propostas. Como a vocação do Rio é mesmo o hedonismo - o lazer e o prazer - algumas mudanças na lei se fazem necessárias. Primeiro: legalização do jogo, qualquer jogo. Não faz sentido essa atividade ser mais um monopólio estatal como é atualmente. Cassinos, bingos, jogo do bicho e qualquer tipo de loteria devem ser liberados, trazendo de volta o glamour e os turistas perdidos com a proibição. Segundo: legalização das drogas, qualquer droga. Mesmo polêmica, a proposta tem tudo pra colocar a cidade na vanguarda mundial. "Mas vão aumentar os sequestros e assaltos se tirarem a fonte de renda dos traficantes". Eu não entendo esse tipo de argumentação. Se deixa um monopólio na mão dos criminosos pra eles não se meterem com crimes de verdade. Aí eles ficam cada vez mais ricos e poderosos, controlando áreas inteiras da cidade. Sim, porque vender tóchico só é crime porque existe uma lei proibindo esse comércio. Com a legalização, as penitenciárias vão esvaziar e a polícia vai poder se concentrar nos crimes reais, aqueles que atentam contra a vida e a propriedade das pessoas. Terceiro: legalização da prostituição, qualquer prostituição acima da idade legal. Hoje a lei esquizofrênica condena o traficante de drogas e livra a cara do consumidor, assim como condena o cafetão e livra a cara do cliente. Essa falta de lógica penal é o terreno onde a corrupção floresce. E floresce paca, numa proporção amazônica. Cometeu um crime doido de alguma droga, cadeia com agravante. Se as relações são voluntárias, não há crime. O turismo no Rio é sub-aproveitado e essas modificações têm tudo pra colocar a cidade como o destino favorito dos hedonistas endinheirados de todo o mundo, gerando renda e emprego pros cariocas. Não é isso o que o pessoal quer? Ou a prioridade é manter esse moralismo hipócrita que tutela o cidadão e empobrece a cidade?

2 comments:

Rui said...

ALUGA-SE

A solução pro nosso povo eu vou dar
Negócio bom assim ninguém nunca viu
Tá tudo pronto aqui é só vir pegar
A solução é alugar o Brasil....

Não vejo problema em alguns moralismo, até creio na necessidades deles. Tudo certo que a hipocricia distorce alguns valores, mas enriquecer a todo custo, não creio que seja a solução.
Contudo, o post é bem esclarecedor!
Rui

sol-moras-segabinaze said...

Não se trata de "enriquecer a todo custo".

O limite de ação é muito claro: o direito dos demais.

Se isso não é ressaltado, fica parecendo que o camarada pode matar, roubar ou fraudar se o objetivo for enriquecer.

Não é e nem pode ser o caso.