Tuesday, October 06, 2009

234




Cuidado com o romantismo, Elizabeth. Seja como eu, um coração de gelo derretendo as ilusões perdidas de um outro alguém.

4 comments:

Anonymous said...

É a Taylor, novinha, magrinha e, suponhos, sem uma gota de arco no organismo. Depois viria o Burton
e o resto são cinzas. Dele.

Anonymous said...

Ela nunca foi boa atriz. Tinha olhos lilases, ponto. Linda, ponto.
Depois virou amiga do Maicou Jequison e deu no que deu, nunca
mais deu. É o que o povo diz, lá em
Hollywood, o sucesso.

Anonymous said...

É a Elisabeth Taylor? Magra, não?Mais do que o Michael Jackson, amiguinho das horas incertas.

sol-moras-segabinaze said...

Ela tava bem naquele filme do Albee justamente com o Burton sóbrio como um bispo. E também naquele outro do Tennessee Williams onde o Paul Newman faz um gay enrustido de muletas.