Thursday, October 01, 2009

CT4

Calma Teresa, não ter uma posição definida sobre a propriedade intelectual não é o fim do mundo.

2 comments:

Anonymous said...

Ao ler sobre propriedade intelectual, Teresa lembrou-se da biblioteca que erdou do pai, assim
mesmo, sem h. Tem gente, como Teresa, e sem duplo sentido, que erda sem h. Ultrapassemos este obstáculo semântico presto. Andiamo. Teresa não é esperta, sorry Teresa. Teresa tem cara daquelas Teresas que se chamam Deolinda ou Marta Sueli e, envergonhadas, mudam o nome para Teresa. O problema é que quem nasceu para Marta Sueli será sempre Deolinda, e vice versa, nunca Teresa. Percebe-se isto no olhar compungido - esta me parece a palavra exata - de Teresa, aquele
olhar perdido de quem está sonhando com a estrovenga perdido.
Não penetremos na intimidade de Teresa, sem duplo sentido de novo.
Uma observação: aquele cabelitcho da "amiga" de Teresa é da década de 40? Se não for é belíssima imitação. Falemos das aspas sobre a palavra amiga mais tarde. Talvez em 2016, quando a Olimpíada vierem ao Brasil e as duas já tiverem mudado para Tegucigalpa - aquela aprazível localidade onde o meu, o seu, o nosso presidente acha que manda. Cansei, Teresa. Se você realmente engoliu um pratilevas, conforme vi em algum post deste prestigioso blog, é problema seu, gulosa. Dromedários e camelos, qual deles tem duas corcovas? O feliz acertador desta questã ganhará um ingresso válido para ver todos os jogos do Fluminense na segunda divisão.

sol-moras-segabinaze said...

hehehe