Thursday, September 10, 2009

O livre mercado (concorrência)

Alguns dizem deplorar a competição, mas ela acontece independentemente dos nossos desejos. Quer dizer, as pessoas não gostam da competição quando são elas que estão competindo, mas gostam quando estão competindo pela sua preferência. Em outras palavras, a competição é bacana quando estamos comprando, a competição não é bacana quando estamos vendendo. Essa é uma tendência que acaba criando os grupos de interesse (sindicatos, associações, OABs, FIESPs e etc) que usam de pressão política pra garantir alguma reserva de mercado e assim se proteger da concorrência. Quando são bem sucedidos, os produtores ganham privilégios do estado em cima dos consumidores, que têm a concorrência restrita e, por isso, pagam mais caro e têm menos opções. Se viu agora na abolição do diploma pra jornalista a gritaria das suas associações e sindicatos. Claro que os representantes da guilda dizem que o diploma é importante pra assegurar a "qualidade da informação", mas estão mesmo é defendendo o deles. Como os produtores são organizados e os consumidores são dispersos, os lobbies tomam conta do estado pra beneficiar uns em detrimento de outros.

2 comments:

Felipe Zimmemann Guzzo said...

Ae sol! Já viu um filme chamado Zeitgeist e a contnuiação Zeitgeis adenum.Se não viu tem no google video. O que você achou? É mais ousado que mike moore.E não é socialista pelo que eu entendi. Gostaria de ver um post sobre isso no seu blog.Forte abraço.

sol-moras-segabinaze said...

Já vi umas partes, me impressionei com algumas coisas e achei outras meio picaretas.

Mas vou tentar me aprofundar mais pra falar alguma coisa a respeito. Abração