Wednesday, September 09, 2009

A natureza do capitalismo 8

Mesmo pessoas consideradas bem-sucedidas podem ser contra o capitalismo. Os motivos são variados. O principal, imagino, é a tendência que elas acham que o capitalismo tem de "concentrar renda e aumentar as desigualdades". Não há modo mais fácil e rápido de entrar no rol das pessoas legais que repetir essa noção, disseminada pelos comunistas mas já consagrada no imaginário coletivo como uma verdade absoluta. O maior fator de concentração de renda e aumento da desigualdade social no Brasil foi a inflação, uma política de governo. Bastou instituir um sistema de metas de inflação pra desigualdade social diminuir. Óbvio que o governo não fala disso e espalha a versão de que foram as suas políticas de transferência de renda que fizeram isso. A guerra de propaganda é braba, caso ainda não tenha notado. O fato é que a riqueza não é estática, quem não gera algum tipo de valor, perde dinheiro. Uma empresa líder no mercado hoje pode fazer escolhas erradas e falir. Uma empresa pequena pode inventar um modo de fazer mais com menos e prosperar. O mercado, se deixado livre, é dinâmico e se o "Rei do Côco" não agradar mais o consumidor, ele vai ser destronado pelo concorrente. O soberano no capitalismo é o consumidor, que vota no plebiscito permanente que é o mercado com o seu rico e suado dinheirinho. Essa fluidez é a sua maior virtude e também o seu calcanhar de aquiles, porque essa incerteza traz insegurança às pessoas, que muitas vezes anseiam por uma estabilidade possível somente no funcionalismo público.

4 comments:

rodrigo.feijao said...

ou através de lobbies e intervenções estatais, como ocorre em 100% dos setores industriais e produtivos no país, hoje. Daí a explicação pq tanto capitalista, principalmente os bem sucedidos, adoram uma "economia mista", adoram uma agência reguladora, e por aí vai. É forma de manter o poder sem melhorar a qualidade/produtividade - com o seu, o meu, o nosso dinheiro (nas duas pontas, de diga-se de passagem: via imposto e via consumo em ambientes sem concorrência livre).

sol-moras-segabinaze said...

Eu ia chegar lá, mas é isso aí, Feija.

João said...

Foi por isso que o Bezerrão largou o coco e passou a cantar samba de partido alto?

hhehe

sol-moras-segabinaze said...

hehe

A cara do Jackson do Pandeiro, aliás.