Monday, October 25, 2010

Primavera dos Livros

O homem parou, olhou, pegou o panfleto e se encaminhou pro outro estande onde estava uma bela mulher. Num relance, seus olhares se cruzaram e se estabeleceu que "se estabeleceu" não segue a norma culta estabeleceu-se que é. Li umas poesias lá. Por não falar nisso, viu-se ainda algum orgulho com o Lula e o PT, pessoas com adesivos da Dilma e um casal fantasiado com bandeira e tudo se encaminhando pro estande da Caros Amigos conferenciar com cineastas e outros militantes da causa. A causa? O controle da sua vida, caro leitor. Quer dizer então que o gigante gentil jogou longe aquele jornalista famoso cujo nome não vou revelar porque não quero fazer frases longas, eu mesmo esqueci do que tava falando. Claro que não, ele não teve nenhuma intenção, foi pura energia rock'n'roll numa roda de pogo combinada com o corpo robusto de um e a formação mirrada do outro, adjetivação plenamente justificada, pode confiar. "Falei com todos os médicos do Botafogo e posso te garantir que o Garrincha e outros jogadores faziam infiltração no joelho. Só que não foi isso que mais o prejudicou." A gente sabe beber no almoço antes da feira e curtir um anoitecer junto com os gansos no lago de frente pra gruta. O ambiente é legal onde o Getúlio deu um tiro na cabeça. Mas na Rua do Catete, uma meia dúzia vinha me abordar pedindo dinheiro e quase levei um estabaco na pedra derrapante da calçada. "nA PEDRA derrapante DA CALÇada", hoje eu tô muito literato. Porque eu não tenho costume de ler livros de ficção, quem perguntou, né? Ninguém precisa perguntar, por isso escrevo aqui. O suporte físico não vai morrer, mas vai virar um negócio de colecionador essa coisa do governo ser o maior comprador, tô falando dos livros de um modo um tanto torto pra retomar o fio da meada. Tá vendo, já esqueci do que eu tava falando... Esqueci nada, é só charme. Ir pra São Paulo ver o Pavement? Tocar violino no show da PELVs, agora não sei se é violino ou rabeca, mas, em todo caso, vou encher isso aqui de vírgulas e botar a maior pilha indie, a pírgulindie. Não sei se chega a rolar pogo num show do Pavement, mas só em falar POGO I feel young again. You're still young, dummie. Well... É, entabula um papo sobre a morte, a gente taí pra isso mesmo, levantar o astral da rapaziada, o desconto é de 40%, 50% pros professores. Sim, vou confiar na sua palavra, nem a chefia pede documentação, sou apenas uma mola nessa grande engrenagem que é o SISTEMA, obrigado pela oportunidade. O cara do Vasco foi expulso? Beleza, vai rolar uma pressão e o Flamengo logo empata, futebol também é cultura, pô. Leia o Vermelho e o Negro do Ruy Castro pra ver como o Flamengo tem uma linda história, não eram só playboyzinhos dissidentes do Fluminense, falar de futebol é muito mais confortável que de política. E o tempo, hein? Não, não vou me calar. Quer dizer, vou falar quando sentir necessidade, as pessoas com crachá não pagam pra usar o banheiro, 1 real. TOO REAL. 5 aplausos, declamando minhas entranhas estranhas na tenda em frente à carrocinha do Geneal. Sim, é genial. Sem catchup, por favor. I'll catch you up later. See, it never ends... No, it ends.

26 comments:

Anonymous said...

Ô Sol, o que que tu anda tomando, meu camarada?

Anonymous said...

E o Marcelo Madureira, hem?

Anonymous said...

A única coisa realmente genial que aconteceu na cultura brasileira nos últimos 90 anos foi o cachorro quente.

Anonymous said...

Uma entre 6 cubanas é prostituta. Que espetáculo do crescimento.

Anonymous said...

Circo Buarque de Holanda.

sol-moras-segabinaze said...

Circo Buarque de Holanda, o maior manifesto de artistas e intelectuais da Terra.

Anonymous said...

Rimou? Sou contra.

Anonymous said...

Circo Buarque tem todo o direito de professar sua fé política, etc. E com seu carisma e popularidade, tentar influenciar pessoas a votarem mesmo nos mais perfeitos imbecis que ele julgar capaz de assumir a presidência da república e fazer um grande bem para o país. O que não pode é durante décadas ter usado Cuba como exemplo maravilhoso do espetáculo do socialismo e, agora que o próprio governo cubano assume que o sistema caiu de podre, ficar de boca fechadinha sem fazer, no mínimo, uma declaração do tipo: "durante décadas citei Cuba como exemplo de um país onde o socialismo realizou milagres, mas devo dizer que estive errado todos esses anos; o regime ruiu, não se sustenta; queiram me desculpar."
Mas isso é exigir demais de um petista. É por isso que sempre digo- o Buarque de Hollanda bom era o Sergio.

sol-moras-segabinaze said...

Não vai ter culhões pra admitir que defendeu a vida inteira uma parada que não só não funciona, como é liberticida e homicida.

Dona Marilena Chauí ontem:

"Estamos votando no futuro deste país e para proposta socialista alcançar o Brasil, a América Latina e a Europa."

Esse povo não se emenda.

Anonymous said...

Tenho convivido anos com petistas, até porque durante uma época da minha vida fui petista de votar em Lula, sair com bandeirinha, essas coisas. Pude notar em anos de convivência que a maioria dos petistas tem algo em comum: um profundo complexo de inferioridade. Aí talvez esteja o maior capital de Lula. Ele, um sujeito que inegavelmente é um exemplo por ser operário, nordestino, cara de pobre, um dedo a menos, e que conseguiu mais do que ser presidente da república; conseguiu abrandar o complexo de inferioridade petista, ainda que transformando este complexo em raiva daquilo que na doutrina petista é chamado genericamente de elites. A raiva é um dos principais ativos petistas, talvez o maior fator mobilizante do partido. Você consegue ver a raiva subindo às faces fora de controle. Idelli Salvati espumando no Congresso. Lula espumando nos palanques. Zé Dirceu espumando. Marta espumando. Mercadante espumando. A raiva que vem do complexo de inferioridade, ao encontrar um até então "desigual" das elites, espuma incontrolavelmente porque agora eles estão por cima da carne seca. A raiva impede a visão. Dai a revisão histórica do "nunca antes na história desse país", que os imbecis do PSDB assistiam rindo, sem atentar para o perigo que isso representava. "Nunca antes na história desse país" é o mais puro Goebbels. Petistas, por odiar a história a ponto de reve-la, odeiam os jornais, que publicam a história todos os dias. E quem odeia jornal acaba por odiar a liberdade que permite que os jornais circulem.

Anonymous said...

Mas ele fuma.

sol-moras-segabinaze said...

Subscrevo.

Anonymous said...

Liguei ontem no debate da tv. Cinco segundos depois o Serra mandou a palavra ambivalente. Desliguei. Com a certeza: ele vai perder. Antes, ao ver a chamada da propaganda - "compare os currículos" -tive um pressentimento: ele vai perder. Então lembro de Lula explicando para o povo a coisa intrincada que é a quebra de sigilo fiscal. Disse ele: "Vivem falando do sigilo fiscal. Cadê o sigilo fiscal, que até agora não apareceu?" Isto é falar com o povo. É reconhecer a imbecilidade da população ao se deparar com temas um pouco mais complicados. Posso imaginar o Severino voltando pra casa e falando pra patroa: "O homi disse que o sigilo fiscal até agora não apareceu; é mesmo, né Edileuze, até agora não apareceu."
Aí a Edileuza fala - "o Lula é que sabe expricá as coisa pra gente, Severino. Lembra do mensalão, que ele disse que não era roubo, era só caixa 2?" Serra vai perder a eleição. Há um abismo cultural entre ele e o povo. Lula, que é tudo menos bobo, nos oito anos aprendeu o que o povo quer. Vocês querem bacalhau? O povo quer é bacalhau, Serra.

Anonymous said...

Ele não veio para explicar, veio para confundir. A questão é que confundir às vezes é o melhor jeito de explicar. Lula é o rei disso. Ele é um ator perfeito. O pai dos pobres. O Getúlio do século 21. E concordo com o comentário do anônimo: eles são raivosos sim.

Anonymous said...

Então vem o sol e eles passam um cremezinho no corpo e esquecem.

Anonymous said...

O que houve com o Marcelo Madureira?

Anonymous said...

O povo quer bacalhau família, sombra e água fresca. Mas é o povo que a gente tem. A gente poderia ser o povo boliviano, não iria mudar muito. Ou paraguaio.
Não iria mudar muito. Tem um monte de gente burra e preconceituosa, e raivosa e safada e malandra em todo lugar do mundo, mas não em tão grande quantidade. A burrice é amazônica. Ms a culpa não é do povo. Não é culpa do boi comer ração pra engordar rápido pra ser abatido. A culpa é de quem dá razão pro boi. Mas boi não se revolta porque enquanto tiver ração tá bom.

Anonymous said...

Recebi um email* (*cuidado com os emails) em que se diz que o gnt editou o programa ao vivo do Manhattan Connection em que o Madureira chama o Garanhuns de imbecil e picareta. Não tive tempo de verificar isso no site do gnt, mas me parece bem provável. Aí isso cria um programa de censura a posteriori e uma dúvida: terá sido o próprio Madureira quem pediu?
Vai saber.

Anonymous said...

A gente fica aqui falando isso e aquilo do pt na presunção de que o psdb é uma casa de freiras virgens devotas do senhor e de que o DEM é conposto pela liga das senhoras idosas viúvas e católicas de Taubaté. A raiva nossa mesmo, ali no duro, é que não conseguimos nos identificar nesses caras. Na cara feia espumando de raiva da Ideli, na cara de pau do Lula inventando história pra povo dormir, na septuagenária Marta desmandibulando-se contra deus e o mundo, nos delúbios, silvinhos, dilmas erenices, dirceus, boffs e tutti quanti que forma a fauna pt. Eles não são da praia da gente. A gente não convida esses caras pra casa da gente porque na nossa cabeça são gentinha. Eles são pobres, deste jeito preconceituoso que a gente identifica gente que não é como a gente, gente pobre não por falta de dinheiro mas por falta de modos. Mas a gentinha da nossa terra se identifica com eles e colocou os caras no poder para mais quatro, que desconfio serem mais 16 anos, ou 160, tanto faz. Eles venceram, O país é deles. E se é deles fazem do país o que quiserem. Basta assumir que perdemos. Paciência. É simples assim.

sol-moras-segabinaze said...

Com esses caras no poder, o país quebra em menos de 10 anos. Não vai ser o povão que vai tirá-los do poder, vai ser a realidade das suas próprias teses furadas.

lietchka said...

ansiosa pelo pogo-violino!

Anonymous said...

Tenho dúvidas, Sol, se o país quebra em 10 anos. Eles aprenderam que dinheiro bom circulando pra neguinho comprar carro mil em 780 prestações é o que mantém o voto. Basta ver que fizeram tudo quanto é lambança na equipagem do estado com milhares de petistas cabideiros, mas ninguém meteu
a mão grande nas reuniões do Copom.

sol-moras-segabinaze said...

Tá rolando um aumento de gastos que, combinado com o aparelhamento das estatais (ineficiência e corrupção), é insustentável. A dívida já tá chegando a 2 tri, tem que ver no colo de quem que essa bomba vai explodir.

sol-moras-segabinaze said...

"Eles aprenderam que dinheiro bom circulando pra neguinho comprar carro mil em 780 prestações é o que mantém o voto."

Isso é o que chamam de "bolha", uma hora explode, não é sustentável no longo prazo. O lance é não deixar que eles se safem quando o bicho pegar, colocando a culpa no "neoliberalismo".

Anonymous said...

Os caras estão contando com a dinheirama do pré-sal, tão gastando por conta, se der tudo certo a conta fecha, se não der, arrumam um jeito da gente pagar
Você viu que os impostos já bateram no trilhão. No ano passado o trilhão só veio no fim de dezembro. Teremos este ano um recorde de mais de um terço do PIB pago em impostos.

João said...

Essas moças do General carecem de bunda...